Bacalhau Assado com Batatas a Murro


4 boas postas de bacalhau*

1,2 kg de batatas

2 cebolas descascadas

3 dentes de alho descascados

1 pimento

600 gr de tomate maduro

1 folha de louro

1,5 dl de vinho branco

2 dl de azeite

sal, pimenta e colorau q.b.

2 ramos de salsa

receita5-bacalhau1
receita5-bacalhau2

ponto-1 Corte as cebolas em rodelas finas, os alhos em lâminas e o
pimento em rodelas, retirando-lhes as sementes.

ponto-2 Lave o tomate, retire-lhes os pés e corte-os às rodelas.

ponto-3 Descasque as batatas, corte-as em gomos e tempere-as com
sal, pimenta e um pouco de colorau.

ponto-4Disponha, no fundo do tabuleiro, metade das cebolas, dos
alhos, do pimento, do tomate, do louro e um ramo de salsa.

ponto-5Logo na camada seguinte, disponha ao centro o bacalhau já demolhado e em volta as batatas.

ponto-4Por cima, espalhe os restantes ingredientes, regue com o vinho
e depois com o azeite.

ponto-4Leve o tabuleiro ao forno a 170º. De vez em quando, vire as
batatas e regue-as com o próprio molho. Estará assado ao fim
de cerca de 50 minutos.

ponto-4Sirva no próprio tabuleiro.

Ingredientes

Não há Natal sem bacalhau. Há quem o queira tradicional, com os legumes cozidos, com grão, com mais ou menos azeite, há até quem o tempere com vinagre e há aqueles que gostam de inovar e fazer um bacalhau à Gomes de Sá, um rolo de bacalhau, um bacalhau com natas… Uma coisa é certa: de uma forma, ou de outra, onde há Natal, há bacalhau. Bacalhau assado no forno com batata a murro é a nossa sugestão para este Natal – uma interpretação mais gastronómica do bacalhau tradicional para um Natal que vive da tradição, mas com um pouco de
modernidade.

Acompanhe o bacalhau com Monte da Ravasqueira Reserva Branco, um vinho da nossa gama super premium que é resultado de uma análise profunda efetuada à vinha no ano de 2014, da qual resultou a seleção dos talhões das castas que mais se destacaram pela sua elegância, concentração e carácter, as características-pilar desta gama.

Este vinho, apresenta uma cor citrina, brilhante, palha esverdeada. Nariz com fruta madura de caroço, leve maracujá e manga do Viognier. Sente-se notas de lima e de bolacha maria com leve fumado e ananás maduro. Na prova, tem um ataque fresco e mineral, cheio de textura especiada, mas sempre com a mesma sensação varietal que se sente no nariz, transmitindo elegância, equilíbrio e cumprimento durante toda a prova, com um final tostado e floral.

Tem grande potencial de estágio em garrafa.

Recomendamos

MONTE DA RAVASQUEIRA
RESERVA BRANCO